• MEDICAMENTO À BASE DA XANANA É USADO PARA REDUZIR EFEITOS DA AIDS

    A AIDS é uma das doenças mais pesquisadas até o momento, até agora a cura ainda não foi encontrada e os portadores do HIV devem recorrer a um coquetel, o AZT, a primeira substância aprovada para tratamento.

    O Departamento de Farmácia da UFMA, através do núcleo de pesquisas em Fitoterapia (ciência que estuda compostos alternativos para tratar doenças usando substâncias subtraídas de plantas), descobriu uma erva capaz de amenizar as doenças secundárias que os aidéticos tem em decorrência da baixa imunidade, como a pneumonia, a diarréia, tosse, rinite e demais infecções, a Chanana. O novo remédio teve ser tomado junto com o AZT como complemento.

    A coordenadora do projeto Teresinha Rego fala que “o trabalho surgiu de uma permuta com plantas nossas para a pesquisadora a pesquisadora Alba, da Venezuela em Campinas. Ela começou a pedir em grande quantidade uma planta nossa, a Xanana que em todos os passeios das ruas se encontra. Isso nos incomodou e pedimos que participássemos dessa pesquisa para trazer os benefícios para o Maranhão. Passamos três meses junto a esta pesquisadora venezuelana para verificar o que ela estava fazendo com a erva. Ela utilizava o chá da planta inteira como energético para melhorar o sistema imunológico dessas pessoas portadoras” destaca a fitoterapeuta.

    O encontro aconteceu em 1982, desde então as pesquisas na área não param. Ao verificar que no processo de preparação, durante a fervura, o chá perde de 30% à 40% de seu princípio ativo, a professora resolveu utilizar a erva em forma de tintura.

    Em 1998, com os testes já feitos, a nova fórmula pôde ser aplicada em portadores do vírus HIV. Hoje há cerca de 30 pacientes fixos que utilizam o medicamento e outros 17 que moram em outros Estados. São preparados cerca de 80 frascos de 100ml por semana para atender a pedidos.

    Além de atender portadores de AIDS, o xarope de Xanana vem sendo usado, também, para afastar os efeitos colaterais das sessões de quimioterapia e radioterapia no tratamento do câncer.

    Os interessados no medicamento podem se dirigir ao herbário da UFMA e procurar a professora Teresinha Rego. (Camila Pinto Boullosa)

    VOCÊ SABIA QUE IDOSOS COM SOBREPESO TEM MAIOR LONGEVIDADE?

    Contrariando o que a literatura médica vem orientando até hoje, uma pesquisa realizada na Universidade do Oeste da Austrália, afirma que idosos com mais de 70 anos que estão um pouco acima do peso, tem maiores chances de ter maior longevidade do que aqueles que são mais magros.

    O estudo foi realizado durante 10 anos e investigou mais de 11 mil voluntários. Os resultados revelaram que havia uma boa vantagem dos idosos com sobrepeso, com IMC, relação entre peso e altura, entre 25 e 29,9, sobre os que tinham peso normal, IMC de 18,5 a 24,9, os de baixo peso, com IMC abaixo de 18,5 e os obesos com Índice de Massa Corporal acima de 30. Como exemplo, aqueles com sobrepeso tinham até 13% menos riscos de morte do que aqueles que tinham peso normal.

    Para os pesquisadores, tanto esta como outras pesquisas correlatas, devem ser levadas em consideração pela organização mundial da saúde para rever as orientações de peso para pessoas mais idosas.

    Descartando quem tem diabetes, ou artrite, pois o aumento de peso pode piorar o estado de saúde delas, o sobrepeso para as outras, apresenta reserva extra para a recuperação de estresses como cirurgia e pneumonia.

    Você sabia? Tome ciência!

0 comentários:

VISUALIZE MELHOR

Aumentar fonte Diminuir fonte

QUEM SOMOS?

Minha foto
SÃO LUIS, MARANHÃO, Brazil
O Programa Rádio Ciência é veiculado pela Rádio Universidade FM (106,9 FM). Tem como produtores: Emerson Marinho e Franklin Douglas, e como repórteres: Jerry Del Marh e Nilra Barros. Os objetivo são: divulgar os avanços do mundo da ciência e da tecnologia.

FALE CONOSCO!

Para fazer críticas, dar sugestões, ou saber o contato de alguns dos nossos entrevistados entre em contato conosco por meio do e-mail: radiociencia@yahoo.com.br ou emerson.marinho1@yahoo.com.br ou ainda pelo twitter.
Desde já agradecemos a sua atenção.

ARQUIVO BLOG

TWITTER ONLINE

SEGUIDORES

ONLINE NO MUNDO

Barra inferior